Cantinho Pedagógico

sexta-feira, 11 de maio de 2012

PROJETO: l CULTURA NO ARRAIÁ


PROJETO: l CULTURA NO ARRAIÁ

TEMA: RAÍZES DA NOSSA TERRA

  
PROJETO: “I CULTURA NO ARRAIÁ”

TEMA: RAIZES DA NOSSA TERRA

Período 06/06/ a 17/06/2011
Duração: duas semanas
Clientela: 06 meses a 04 anos e 11 meses

JUSTIFICATIVA
            Resgatar a festa junina, lembrando das cantigas como: pula a fogueira, cai-cai- balão e tantas outras, bem como as comidas típicas. Em plena Globalização não podemos deixar que morra essa cultura popular, o respeito, a tradição e a alegria de um povo. Gostaríamos de poder mostrar aqui tudo que faz parte da nossa Raiz ou parte dela. Nas atividades proposta “Raízes da nossa Terra”, vamos proporcionar um campo fértil para análise das Festas Junina, desde seu surgimento e influencias de alguns países Europeus de uma maneira lúdica e prazerosa.

OBJETIVO GERAL
Levar os alunos à: conhecer as características das festas juninas em diferentes regiões do país valorizando e demonstrando atitudes de respeito ao trabalho e ao homem do campo, onde esperamos desenvolver o interesse e gosto pela tradiçãoos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • Conhecer as características das festas juninas;
  • Planejar a realização
  • Admirar e respeitar o trabalho do homem do campo;
  • Despertar o gosto pela festa como folclore brasileiro, ressaltando seus aspectos populares, sociais e religiosos;
  • Desenvolver a socialização dos alunos;
  • Ouvir com interesse as informações trazidas pelos colegas;
  • Valorizar a musica de raiz bem como os contos;
  • Ensaiar a tradicional quadrilha.
CONTEÚDOS
Português/Ensino Religioso/Geohistoria/ Arte/Expressão corporal - A vida do homem do campo (onde vive, como se veste, importância do seu trabalho na lavoura, como nos ajuda, como se diverte, aspectos da vida rural.)- As festas juninas: características, roupas típicas, danças, alimentos. Músicas, contos etc.

Matemática - Receitas e quantidade de ingredientes. 2. Tabela de doces, qual e a preferência da criançada. 3. Forma geométrica ( bandeirinhas),  cores, numerais, coordenação motora fina e grossa.

METODOLOGIA
  • Ensaiar todos os dias a quadrilha e outras apresentações;
  • Receber as crianças carinhosamente em sala com  música, brincadeiras e novidades etc.;
  • Apresentar aos alunos os numerais,  relacionando o numeral a quantidade, em seguida eles farão uma viagem em cima do numeral apresentado
  • Falarei sobre o projeto da festa junina, explorando este conteúdo e suas características;
  • Trabalhar o vestuário, alimentos e a cultura etc.;
  • Trabalhar atividades relacionadas ao projeto;
  • Cantar musica alusivas ao tema em pauta;
  • Escrever no quadro palavras relacionadas ao tema e fazer a leitura com o nome das crianças;
  • Trabalhar as cores primárias;
  • Promover brincadeiras livres e dirigidas;
  • Trabalhar a coordenação através dos blocos lógicos;
RECURSOS DIDÁTICOS
CD;
Vídeo;
Cola;
Massa de modelar;
Lápis de cor;
Filmes;
Papeis variados;
Grão de milho;
Palitos de fósforo;
Giz de cera;
Retalho de pano;
Caixa de som;
Microfone;
Palha de coqueiro;
Madeira;
Aparelho de som;
Televisão;
Cordão;
Cartolina;
 Papel crepom;
TNT;
Tesoura;
Pirulito;
Revistas e jornais;
Bandeirola;
Livros didáticos;
Fita crepe;
Pinceis;
Tinta guache
Lápis de cor;
Materiais xerocopiados;

CULMINÂNCIA
A finalização do projeto será realizado através da festa junina com  a participação das crianças e da comunidade muitas músicas sertanejas, quadrilhas, comidas típicas e outros.

AVALIAÇÃO

A avaliação será através de registro em relação a aprendizagem individual e coletiva dos alunos frente as atividades propostas durante o desenvolvimento do projeto.

RECURSOS HUMANOS
Para a realização deste projeto contamos com a participação de toda equipe da Creche, dos pais, comunidade do bairro, da Prefeitura e da Secretaria de Educação.

BIBLIOGRAFIA
RAMOS, Vânia Moraes, 1956, FERREIRA, Maria José H. Crescer  Sabendo Ser, Belo Horizonte, MG. FAPI, 2002.

WAZ. Waldirene Dias, FERREIRA, Carmem Lúcia, In Dente  de Leite, Uberlândia -  MG. Editora Gráfica Claranto LTDA, 6ª Edição, Fevereiro, 2006.

Internet: www.cade.com.br 
Postar um comentário